sábado, 23 de outubro de 2010

Girassóis , muito obrigado!


Eu estava indo pra casa e no percurso ele atravessou a rua eufórico
com uma sacola numa das mãos e veio ao meu encontro.
Gesticulando, ansioso, disse :

_Cantora te procurei o dia inteiro hoje, eu queria lhe dar esse presente.
Pode pegar,é seu...abre...abre !!!

Eu meio atônita com aquela abordagem tão inusitada,fiz o que ele tanto pedia.
Peguei a sacola das mãos dele e enquanto eu abria o embrulho ele falava...

_Nossa cantora,como foi difícil te encontrar,eu queria tanto te dar esse presente hoje.
Esse presente é de melhor cantora,vai..abre...

Eu abri o presente e de dentro daquele embrulho retirei um arranjo lindo
de girassóis.
Eu sorri e agradeci muito o presente que havia ganhado.
Os olhos dele brilhantes falavam mais que as palavras que ele emitia com tanto entusiasmo.
E ele continuo falando:

_Cantora,foi tão bom ter te encontrado.Sabe, eu gosto muito de você porque você é uma pessoa
de coração bom que conversa com todo mundo,quem conversa com você sabe disso né...porque eu sei..
Você não desfaz de mim,onde você me vê, você fala comigo.As pessoas daqui
geralmente fazem pouco caso e com você num é assim,eu gosto muito de conversar com você.
Eu saí do meu trabalho agora...

E ele continuo falando e foi me acompanhando na caminhada e
fomos conversando sobre a vida.
De repente ele levanta o dedo apontando pro céu feito criança no primário que vai pedir alguma coisa e fala:

_Cantora, quando você for cantar,você canta pra mim “Alma,deixa eu ver sua alma” (Alma - Zélia Duncan)

Eu sorrindo respondi que cantaria e fomos conversando.
Ele mal tinha tempo pra respirar,falava pelos cotovelos .
Eu havia chegado no meu destino,novamente agradeci o presente e ele se despedindo disse:

_Boa noite cantora,foi muito bom ter encontrado você eu queria muito te dar essas flores porque elas foram feitas pra você ,eu comprei pra você.Que Deus te proteja sempre.Tchau.

E foi embora …
Eu entrei em casa sorrindo muito e achando tudo muito engraçado.
Como de fato foi,mas por trás disso,a mensagem que fica é bem maior!
Muitas vezes passamos na rua e pessoas que nos conhecem fingem que não
nos viram,só pra não cumprimentar.
Outras,quando nós vamos cumprimentar,nos viram o rosto e fazem pouco caso,saindo de perto.
E é através dessas surpresas que o destino nos reserva que eu vejo como essas pessoas maldosas são insignificantes diante da imensidão do universo.
Pessoas que afetam a alma através da miudeza do ego ou por ignorância alheia.
Mas enfim, gostaria de comentar um pouco sobre esse rapaz.
O Eduardo é guardinha municipal,recebe alguns trocados tomando conta das casas de algumas pessoas e ele tem retardo mental então equivale a uma criança-adulta de  7 anos no máximo.
Mas é uma pessoa muito tranquila,incapaz de fazer mal pra alguém e muito prestativa.
Nós sempre nos encontramos por acaso e hoje ele realmente me surpreendeu,não só pelo fato
de me presentear mas como de passar através da atitude essa mensagem tão importante sobre os valores e humanidade.
Em sinal de reconhecimento ao gesto do Eduardo coloquei as flores que ganhei no altar junto a Nossa Senhora Aparecida para que ela sempre zele por ele.
E com isso ganhei o dia, pois o que mais me atrai é a simplicidade nas atitudes não quanto elas custaram existir naquele momento.


"Sou as minhas atitudes, os meus sentimentos, as minhas idéias...
O que realmente faz valer a pena estar vivo, não há filmadora ou máquina fotográfica que registre...
Surpresas, gargalhadas, lágrimas, enfim, o que eu sinto, quem eu sou, você só vai perceber quando olhar nos meus olhos, ou melhor, além deles..."


(Clarice Lispector)

11 comentários:

  1. "Isso do medo se acalma
    Isso de sede se aplaca
    Todo pesar não existe
    Como um reflexo na água
    Sobre a última camada
    Que fica na superfície;
    Alma..."

    E precisa de maiores comentários? Pequenos gestos, grandeza de espiríto. Talvez tenha sido um dos muitos agradecimentos que você ainda vai ter por ser essa pessoa linda, Ju.
    É como você sempre diz: Beijo na alma :♥

    ResponderExcluir
  2. Marinna Sacramento23 de outubro de 2010 22:43

    Ju... com tanta riqueza de detalhes eu senti como se estivesse com vcs naquele momento... viajei msm e foi tão reconfortante perceber a grandeza daquele pequeno gesto e, como vc disse, a mensagem é óbvia (claro q pra quem não apenas lê, mas q d verdade enxerga o q os atos dizem..)
    Sabe, seu post me remeteu às lembranças de mtas conversar q tivemos sobre os outros em relação à gnt e vice-versa.. eu, super-mega tímida mal falava com as pessoas e vc sempre foi "brava"... uff.. dava medo..rs!! e, por isso, acabávamos, de certa forma, como o Eduardo.. vc se lembra???
    Enfim... ainda bem q o tempo passou e, como seres inteligentes q somos (graças ao leitinho da mamãe!!!), evoluímos e aprendemos q a relação interpessoal é td!!! Pena q nem td mundo entende q a troca é fundamental pro crescimento...
    ARRASOU IRMÃ!!! Bjuss

    ResponderExcluir
  3. Caixote de Pandora23 de outubro de 2010 22:58

    Rapha...fiquei extremamente emocionada com seu depoimento e satisfeita por vc ter comparecido no Caixote com suas palavras doces e tua meiguice que contagia a todos que estão a sua volta.
    Muito obrigada pelo carinho.
    Beijos e tudo de bom sempre minha querida amiga e futura companheira de profissão!..rs

    ResponderExcluir
  4. Caixote de Pandora23 de outubro de 2010 23:13

    Marinna,minha querida irmã...
    é um prazer tê-la aqui no Caixote pela primeira vez.Fico feliz que tenha gostado do post e como boa geminiana que somos que tenha compartilhado dessa mensagem tão linda que aconteceu comigo hoje.
    Então irmã,tínhamos reações adversas e por isso nos davamos tão bem com nossa completude.A gente se cuidava e essa recíproca sempre foi uma constante em nossas vidas.
    Estou realmente feliz que tenha aparecido mesmo que virtualmente por aqui..é bom vê-la por perto de alguma maneira,sempre.
    Bjos com mto carinho pra ti !
    Saudades imensas!

    ResponderExcluir
  5. Ju, adorei os detalhes e a simplicidade nas palavras... em um mundo de razões é bom saber dessas estórias recheadas de emoção e cumplicidade...obrigada pelo convite.adorei seu caixote.
    Adorei a escolha por Clarice...... pois para falar de emoção, nada melhor que ela mesma..
    meu beijo p vc...e outro o Eduardo assim que ele passar pelo seu caminho em uma noite qualquer.

    Jeanne(Macrobiotica)

    ResponderExcluir
  6. Essa história me emocionou.... realmente vc nos leva a "participar" da conversa! Beijão, filha!

    ResponderExcluir
  7. "Muitas vezes passamos na rua e pessoas que nos conhecem fingem que não
    nos viram,só pra não cumprimentar.
    Outras,quando nós vamos cumprimentar,nos viram o rosto e fazem pouco caso,saindo de perto."

    Com poucas palavras você pode resumir uma sociedade, como ela e; do jeito que ela vive.

    O maximo que podemos fazer e cumprimetar o de traz ai fazermos uma nova amizade.
    o ser humanoide que se acha soberano superior e uma simples materia, e do que vai ficar ea sua lembraça e feita de simples atos de um OI. Assim ela pode ser lembrada.

    Que ninguém se engane, só se consegue a simplicidade através de muito trabalho.
    Clarice Lispector

    ResponderExcluir
  8. Adorei esta historia. simples e concreta.

    ResponderExcluir
  9. Caixote de Pandora26 de outubro de 2010 18:16

    Jeanne...
    Obrigada por comparecer no caixote.
    Suas palavras serão bem vindas
    assim como vc.
    Clarice sempre irá nos nutrir..
    Bjos,bjos e mais bjos!

    ResponderExcluir
  10. Caixote de Pandora26 de outubro de 2010 18:19

    Rose,
    Esse é o intuito do Caixote,
    compartilhar ideias com as pessoas
    que tem sensibilidade para sorvê-las
    com sabedoria.
    É uma satisfação IMENSA vê-la por aqui.
    Fique a vontade e volte sempre.
    Bjocas!

    ResponderExcluir
  11. Caixote de Pandora26 de outubro de 2010 18:24

    Rafael,
    A sociedade acaba tornando-se redundante
    a tal singeleza...
    Ver o teu comentário aqui é muito gratificante
    pois vc é uma das pessoas conscientes de como
    o mundo se move.
    Obrigada por tal delicadeza.

    E a frase é bem essa!

    "Que ninguém se engane, só se consegue a simplicidade através de muito trabalho."
    (Clarice Lispector )

    Bjos com carinho (os entregarei pessoalmente assim que vc retornar...rs)

    ResponderExcluir

Encaixote suas ideias com cuidado!O feitiço pode virar contra o feiticeiro...