quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Pinçando o necessário

Hoje o pôr-do-sol alaranjado se derreteu por detrás das montanhas
e eu fui a "intensidade" das cores.
Porque hoje,eu vi o quanto eu preciso da clareza que transmitem os seus olhos.
E assim o mundo fez festa,cessando a algazarra por detrás das costelas.
E a vida sutilmente toma dianteira quando você adormece e eu te protejo
feito um anjo da guarda.
Porque você é capaz de viajar no tempo,interromper o tormento,trazer paz..
E EU estou aqui,sentindo a sua respiração,beijando seus lábios de leão, refletindo a sua luz ...


quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Mario World


Conchinha de batata frita com maionese e catchup
Rosas de rua e sorrisos ...
Pra nós não existe GAME OVER.
Lego emocional que se passa numa vida.

P.S.: para John Lennon

domingo, 23 de agosto de 2009



Amores são anjos caídos,
são rosas com espinhos.
Plêiades confessos!
São aromas sortidos em
olhares agonizantes de vontades pendentes.


terça-feira, 18 de agosto de 2009


"Se a remove até montanhas.O desejo é o que torna o irreal possível"


quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Sorria











Vamos

a vida...


de
braços
abertos!

Capitolina

Com o corpo fervilhando, ela assiste a seus delírios de curvas fartas em claros tons alucinantes, inerte e a partir dali se estiga .
O jeans apertado retém pouco,os seus limites.
Suas pernas roçam uma na outra esfuziantes,na ânsia de um atrito,profundo e certeiro.
A fêmea felina exalava sem pudor seus anseios clamando para que falanges viris adentrassem erectas todas as suas concavidades.
Como num relance,os olhares instintivos dele a chuparam feito um zoom.De close em close,foi perdendo a pose,até sorrir feliz.
A comida esfriava sobre a mesa, mas era necessário um banho gelado para calar a febre que percorria suas veias.
Capitolina se despia e enquanto ia se encontrando a vontade,viu jogada ao chão a peça íntima emaranhada em fluido.Sorriu e adentrou a água.
O choque da água em seu dorso de súbito a arrepiou completamente.
As mãos agitadas ensaboavam lentamente o que ardia em chamas e ela não conseguia se conter.
Flashes povoavam sua mente insaciável e ela aderia aos lances estrondosos do seu corpo sem receio.
Ela tentou durante o dia se livrar das suas vontades mas não conseguiu se abster das tetanções,andou desvairadamente pelas ruas até que seus pés se cansassem.
Mesmo assim,os pensamentos ainda povoam sua mente madrugada a fora , no absurdo da vida.
Ela tenta se esquecer entre copos e conversas mas mesmo assim não consegue desfazer de tudo aquilo.
_Tu afagas a parte mais bela da vida ,mesmo sem saber.
Capitolina sai da zona de conforto,necessita absurdamente dilacerar a carne...

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Love of my life - Queen



A música da vez...sensibilidade em alta...Fred Mercury dispensa comentários.
...basta sentir....

P.S.: Desculpe-me a legenda errada,foi a distração do momento...rs

Para todo um qualquer, encaixe sublime!


Para um amor de rua ,existe a casa
Para as canções , corações em batucada.
Para olhos aflitos,olhares escandalosos.

Para a saudade,abraço apertado.
Para beijos suculentos,lábios insaciáveis.
Para as palavras,argumentos.

Para coca-cola,cigarro.
Para as pernas,caminhos.
Para enfermidade,bálsamo.

Para o pôr-do-sol,suspiro.
Para monotonia,gargalhada.
Para o ócio,rede.

Para criatividade,papel.
Para as mãos, o enlace
Para você,Eu!

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Estado de Espírito : Bom Humor Insuportável


Tirei as teias de aranha de preocupação da minha cabeça e o meus dias estão amanhecendo mais leves e felizes.
Arranjei um shoffer paciente e benévolo chamado "Sorriso".
Ele me leva a lugares fantásticos,mas diz que pra isso acontecer ,
é necessário que eu ande juntamente com dias de "sol" e
"passarinhos verdes" rodeando o cucuruto das idéias.

EU,
sigo piamente a receita do belo e bom sábio.
Que nem diria Roberto " é preciso saber viver".
Estou cega de amores, apaixonada pela vida !

Pode até parecer absurdo,mas a partir do momento
que cortei o mal pela raiz, as engrenagens do bom senso
e do destino começaram a agir de maneira surpreendente.
Essa força vital me enche os pulmões do mais puro ar e
da felicidade mais espontânea e contagiante que existe.
Como é bom ficar rindo pelas tabelas,cruzar as esquinas
com a aquela tal liberdade que sempre foi a minha melhor companheira.
Dizem que a esperança é a última que morre e eu sigo crendo nesse
alicerce de sustentação brilhante.
Agora é pensar,agir e acontecer...
e vamos a vida de peito aberto , valha-me Deus !!!

Fecha aspas!

Venha e me ensina a solidão de sermos dois,
quaisquer três ou de 4 até 5...
Qual a confusão que cruzou teu pôr-do-sol nos passeios da alma
em noites de lua cheia?
É só tendo calma,que pelejo com meu eixo.
Desabrocho logo pelas manhãs quando penso no teu sorriso.
És a luz na escuridão do breu,um caminho reticente
entre os teus muitos e os meus.
Não guarde tuas mágoas dispersas na prateleira da estante empoirada.
A cada dia vejo que sou eu a tua morada, prevejo muita felicidade.
Creio na nossa continuidade entre frases soltas e piscadelas descompassadas pela avenida.
Sou "_____ " e sempre serei "______" e...
Fecha aspas!

terça-feira, 4 de agosto de 2009

11 meses e muitas saudades



Hoje,vejo que a estrela mais linda,não voltará...
A estrela brilha lá em cima, está a me olhar.
Ainda lembro da tua serenidade,de toda gentileza e autenticidade
que ficavam impressos naquele sorriso de Anjo da Guarda.
Mãos de rosas sortidas,de animais e crias, de enxada a capinar o arado.
Homem de fibra agora renasce guerreiro no patamar mais alto da imensidão.

Senta e estica suas tortas pernas na mureta,sintoniza o teu rádio de pilha e olha teu vasto império admirado.
É tudo teu !!! Você conquistou o mundo com as própias mãos !!!
Eu me sentava no chão ao teu lado e ficávamos ali quietos, a observar durantes horas o barulho das noites de luar no nosso sertão.

Ele era doutor,aprendeu a sapiência com a vida,não pôde estudar pois teus irmãos dependiam
dele para comer o pão de cada dia.
Tua infância foi sofrida meu herói,eu sei das tuas batalhas naquela humilde casa de chão
de terra batida.

Neguinho,olha pra frente !!!...e lá estava ele a fazer 120 km/h numa estradinha de terra estreita
e esburacada,gargalhando com seu chapéu de palha na cabeça e a ternura no olhar.
Aquilo era fabuloso,ainda sinto a brisa na fronte e a paisagem correndo perante a retina.

A brasília tá parada....então,ele abria as porteiras do teu império e adentrava a tua maior felicidade.Era inexplicável como teus olhos brilhavam...
De repente,olhava-se pro lado...Cadê ele ?!...
Pode saber, alguma coisa ele estava aprontando !
Ah,já sei...ele estava no barracão de ferrementas.
Ai dizia:
_Vai..olha aí pra ver se tua mãe tá vindo enquanto eu tomo a minha pinguinha.

Ele se fartava nos goles e gargalhava as tuas travessuras.Eu, sempre fui cúmplice !

Nossa sintonia ia além de qualquer explicação!
Não precisávamos de palavras.

Minha mãe sempre foi alvo das suas traquinagens e por diversas vezes eu presenciei as bagunças dele.
Ele era um artista,representava como ninguém.Chegava em casa de cabeça baixa contando que fulano que era conhecido,havia falecido.Pavorosa minha mãe saia catando cavaco e ia atrás dos entes queridos para dar os sentimentos e acabava descobrindo a farsa do marmanjão brincalhão.
Era hilário,nós ríamos durante horas lembrando do ocorrido.
Todo carnaval, ele se vestia de mulher no tradicional "Bloco do Sujo" criado por ele e seus amigos.
Foliões divertidíssimos,eles faziam a festa usando e abusando de seus trajes sensuais.

As tesouras corriam por entre fios de cabelos,navalhas faziam as barbas.
E eu adorava admirá-lo...sentava no cantinho pegava um bloco de papel e ficava
a rabiscar enquanto ele trabalhava.
Nós ríamos e eu até perdia o fôlego de tanta palhaçada.
Vez ou outra um grandão careca que apertava minhas bochechas ia visitá-lo.
Meu pai retocava a piruca do grandão careca falante e engraçadíssimo...
Ah...ele se chamava Ivon Curi ...e entre esses haviam muitos outros amigos
que passavam pela barbearia só pra conversar,contar as tuas histórias e gargalhar um pouco.

Ele tinha o dom de fazer as pessoas "sorrir".

Era 1989,ele chegou em casa com um embrulho colorido e me deu de presente.
Abre minha filha,diz ele,ansioso com a surpresa que estava por vir.
Meu 1º microfone!!!...era de um vermelho desengonçado sem fio.
Logo,tomou-o da minha mão conectou o aparelho no rádio e testou.
_Pronto,está funcionando,pode cantar!
Eu nem acreditara naquela surpresa...
Eu pequenina,bailava pela sala de mãos dadas com ele a cantar.
E assim foi por muito tempo,cada dia ele comprava um vinil diferente,me colocava no colo
e contava,cantava e explicava as histórias daqueles artistas que estavam estampados nos discos.
Maria Bethânia,Chico Buarque,Jorge Ben jor,Milton Nascimento,Altemar Dutra,Tania Alves,Martinho da Vila,Frank Sinatra,Renato Teixeira,entre tantos milhões que ele me apresentava imitando seus trejeitos.

O tempo passava e o meu herói me mostrava a natureza e suas tenuidades.
Ele adorava ouvir o canto dos pássaros e tinha milhões de canarinhos e tico-ticos e trinca-ferros.
Pinheiro que não tinha Dias no nome por falha nos registros do cartório, alto e de pávio curto,sempre tinha a resposta na ponta da língua e uma piada pra tirar sarro de alguém.
Homem sagaz de intelecto nobre,lia muito e escrevia sobre tudo relatando com uma perspicácia
enorme como sentia o mundo.
Fui ter conhecimento de um de seus cadernos de pensamentos após sua partida.

<-_Pensamentos Garibaldi Pinheiro _->

"Quem pensa por si só, é livre."

"Saber ver,é sentir o que se olha."

"Tudo na vida é ilusão,menos amar a Deus."

"Amizade não se força,não se compra e não se vende.Amizade acontece lentamente,em silêncio,devagar."

"Não há nada no mundo que valha um casamento feliz."

"Enquanto os cães ladram,o Gari faz o seu rancho na Imigração"

"A noite é mãe do pensamento"

"Eu quero que o mundo exploda numa bela manhã de Domingo para que eu possa sentar e assistir."

"Moro em cima dos meus sapatos e embaixo do meu chapéu."

"Deus abençoe a minha mãe,tudo o que sou ou espero ser,devo a ela."


* *


Pai...

No decorrer de sua existência,podemos sentir e encontrar em você o poder de aquecer a todos, irradiando energia e felicidade aos que com você conviveram.Hoje,você tornou-se uma estrela e tomou dimensões maiores.Tornou-se mais ardente,reluzente e brilha como nunca.Hoje,você nos norteia,nos faz entender a magnitude da vida.
Obrigada por ter sido um pai carinhoso,um marido amoroso e um amigo dedicado.

Pai, você foi e sempre será a luz !

11 meses e muitas saudades.

Garibaldi Pinheiro *16-09-1941 + 04-09-2008

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Regência descomunal


**

Rumino tudo o que me acabe,extravaso a imensidão da alma.
Sentimentos inóspitos não cabem uma doce melodia.
Legado lúdico da sinestesia periclitante .
Quiçá, a primavera dissipe flores para que
eu possa contemplar as cores da estação calmamente.
Teu olhar é rajada de vento que sopra na minha direção,
paradeiro definitivo.
E se tu não deixasses escapar o sorriso, eu saberia,
a noite foi maior que o dia.
Então,não seria mais tempo de folia.
Entretanto, até a tua ausência é bálsamo.
Precedo racionalmente,ouça-me !
O meu canto é o berro vespertino pois sobre a lua que logo é cheia.
Conflitante atrito de nuances,hipérbole mítica do que nunca será segregado.
Extorção histérica dos tempos...
Estou a digerir a sopa de letrinhas decorridas.
Estou a mercê do destino , estou protuberante.

domingo, 2 de agosto de 2009

Observar,absorver e/ou abstrair ...


Hoje pela manhã vi algo que me dispertou e serviu de lição de vida.
Conheci a história de um rapaz que por conta de um acidente de carro
perdeu as pernas e que estava competindo num campeonato de skate.
Fiquei extasiada ao vê-lo ,tamanha a capacidade e força de vontade.
Somos capazes de TUDO,basta querer.
A "superação" deste rapaz tão humilde e sábio me comoveu.
As pessoas se limitam por tão pouco,preferem sofrer a se maravilhar
com o muito que está perante os olhos e o coração.
As pessoas disperdissam oportunidades,abrem mão da felicidade,
tornam-se egoístas e tudo isso , muitas vezes a troco de nada.
As pessoas não se permitem,acabam restringindo seus mundos
a um cubículo estreito e antiaderente.
Observar,absorver e abstrair,quando necessário...príncipios básicos.
Só sei que o tempo passa e o destino segue seu rumo.
Todos nós possuímos algum tipo de "encanto",basta olhar para dentro
e aprender a enxergar o quão somos capazes ...virtudes são magias poderosas.
Superar limites,ultrapassar barreiras,chegar do outro lado,vencer!